GÁS CANALIZADO | Recomendações de segurança
Sempre que o imóvel tenha mais de 20 anos ( para instalações domésticas), solicite a uma Entidade Inspetora competente, a verificação da sua instalação de gás a cada 5 anos e efectue as reparações ou substituições requeridas, através de uma empresa instaladora de gás, devidamente autorizada.
Requeira sempre a identificação dos funcionários, assim como o termo de responsabilidade da empresa instaladora e o certificado de inspeção da Entidade Inspetora.
A referida certificação deverá contemplar a validação do funcionamento dos aparelhos a gás, bem como as condições de ventilação e de evacuação dos produtos da combustão.
 
Instale unicamente aparelhos homologados pelas autoridades oficiais competentes e proceda a vistorias frequentes por parte dos serviços técnicos do fabricante.
 
O local de instalação de um aparelho tem que ser, obrigatoriamente, bem ventilado. Não obstrua os ventiladores nem outras saídas de fumo do aparelho e limpe frequentemente as condutas de evacuação.
Caso exista uma marquise fechada, instale aí também ventiladores.
 
Se possuir um tubo flexível, assegure-se periodicamente do seu bom estado e validade. Substitua-o caso verifique deterioração ou envelhecimento. Afaste-o de fontes de calor. Utilize apenas tubos homologados e com um comprimento máximo de 1,5 metros.
 
A chama produzida pelos aparelhos de gás deve ser estável, não deve fazer ruído e tem que ter uma cor azul intenso no centro e mais claro no exterior.
Caso a chama não cumpra estas características, avise um técnico ou os serviços técnicos do fabricante do aparelho.
 
Vigie os recipientes postos ao lume evitando que estes, derramando, apaguem a chama nos queimadores e provoquem uma fuga de gás. Feche todos os manípulos ou torneiras de gás quando terminar a utilização do aparelho.
 
Sempre que se ausente de casa, não se esqueça de fechar todos os sistemas internos de gás, bem como a válvula de corte geral.
 
Se precisar de efetuar obras de manutenção e/ou reparação em sua casa, informe-se previamente da localização exata das tubagens de gás que passam pelas paredes e pelo chão.
 
Se cheirar a gás:
Feche a válvula de segurança junto ao contador, bem como as válvulas de todos os aparelhos de queima.
 
Não acione interruptores ou campainhas, não ligue nem desligue aparelhos elétricos, telemóveis, nem quaisquer fontes de ignição como isqueiros, fósforos, cigarros, lanternas, etc.
 
Ventile de imediato o local, abrindo portas e janelas.
 
Caso o interruptor geral esteja longe da fuga, desligue-o.
 
Lembre-se que...

Se detetar anomalias em qualquer aparelho a gás, avise os serviços técnicos do fabricante e não o utilize até que este esteja devidamente reparado.

Se detectar qualquer anomalia na instalação ou tiver dúvidas sobre o seu normal funcionamento, ligue 800 100 096.

Ao seguir estas recomendações de grande utilidade, estará a tirar o máximo partido da sua instalação, evitando assim qualquer problema.
 
Se possuir um tubo flexível, assegure-se periodicamente do seu bom estado e validade. Substitua-o caso verifique deterioração ou envelhecimento. Afaste-o de fontes de calor. Utilize apenas tubos homologados e com um comprimento máximo de 1,5 metros.
06.03.2019
HOSPITAL PARTICULAR DA MADEIRA
Está previsto para Março a inaugura&cce... mais»
06.02.2019
RESULTADOS ESTUDO DE SATISFAÇÃO DO CONSUMIDOR - RUBIS GÁS
O ECSI Portugal – Índice Nacional de Sat... mais»
25.01.2019
Baixa de Preços Ilha da Madeira
Estimados Clientes, Informamos que hoje os preços... mais»